-O que há, pequeno girino?

Por que estás tão triste?

 

-Oh rosa que vens, rosa que vais!

Estou triste por ser pequeno.

Tu que és tão bela, não sabe o que há!

 

-Posso ser bela

Mas, pequeno girino,

Enquanto tu floresces,

Durmo para jamais acordar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s