Não!

A janela aberta, a corda estendida,

o veneno no copo

Não combinam com você 

 

A vida já é breve

E há tanto ainda pela frente,

pedindo para acontecer!

   

No espelho você só consegue ver

dor e fracasso estampados em seu rosto

Não reconhece, no olhar,

a força que se constrói em sua essência 

 

Você pensa que por dentro

é apenas vidro estilhaçado 

Mas você é tão mais que

apenas cacos!

 

Dê à vida a chance de

tirar  o gosto amargo 

que ela deixou em você 

 

O sabor da morte é muito 

mais amargo, salgado 

nas aftas e feridas

sem água ou doce para ofertar

   

Não!

Essa voz que te manda desistir,

não é sua. Ignore-a!

É tempo, agora, de aprender a viver

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s