Cartinha apaixonada

O que é isso que

me faz só querer pensar

em me perder em você?

 

Será que é sua voz, que me esquenta,

seu toque, que me enlouquece?

Nem sei quem sou mais

 

E você vai desmoronando

todas minhas barreiras

O que mais vai fazer comigo?

 

Acho que estou viciada

em seu corpo, seu jeito

Nem sei para onde isso vai me levar…

Inferno ou paraíso?

Já não me importa mais

 

Pois este seu cheiro inebriante de cigarro,

seu charme andarilho,

me fazem querer deixar

às cartas e aos astros

as escolhas sobre meu destino

Carta feminina

 

Meu corpo foi tirado

mais uma vez

de mim

 

Quem o entregou?

 

Não quero essas mãos,

não quero essas bocas,

não quero essas palavras

 

ME DEIXEM!

 

Quero ser minha

só minha

Dona de mim

 

Mas vocês me DILACERAM

a cada toque não permitido

 

Por que tenho tanto medo?

 

E só fujo

fujo, me escondo

em mim, me tranco

 

BASTA!

 

Preciso respirar,

tirem essas correntes de mim!